Marco Feliciano e a Exegese...

Marco Feliciano

E a Exegese Bíblica

feliciano_exegese

Marcelo Lemos

Os que já me viram, ou ouviram pregar, conhecem o meu estilo de pregação. Sou um pregador eloqüente, de mensagens de avivamento e exortação.

Sou um João Batista da vida e, confesso, espero não ter um ministério de apenas três anos e meio, como foi o caso de João. Todavia, prefiro ter a cabeça posta em uma bandeja de prata por falar a verdade, pois sei que, se a cortarem pela manhã, antes de chegar a noite, esta mesma cabeça terá uma coroa no Céu. Mas não pretendo ver a Igreja do Senhor padecer por falta de correção e mensagens que inflamem os corações.
Sempre digo que gostaria que os líderes andassem um pouco mais, viajassem mais, conhecessem outros trabalhos e até mesmo outros ministérios.

Deus não tem monopólio de Igreja. Ele estabeleceu um padrão para a sua Igreja e, quem não se enquadrar neste padrão, estará fora.

Perdemos a nossa identidade pentecostal.Tenho sofrido afrontas e até ameaças por parte de Igrejas que não aceitam a manifestação do Senhor.

Outro dia, estava pregando, após Deus se manifestar com batismo pelo Espírito Santo e os crentes receberem poder até não conseguirem ficar de pé, então, fui questionado por um obreiro:

- Depois disto, Irmão Marco, o que farei com o texto de I Coríntios 12? Ali fala sobre a ordem e decência do culto.

Respondi imediatamente ao santo de Deus:

- E o que eu farei com Atos 2?

A discussão terminou por ali, graças a Deus! É horrível discutir manifestações de Deus com "pentecostais". Se ainda fosse com "tradicionais"... mas com pentecostais? É um absurdo.

- Marco Feliciano; ‘Chamada de Fogo’; Editora Missão e Vida.

Quem já assistiu as pregações do pastor Marco podem imaginar como deve ter sido a experiência que ele relata nos parágrafos acima, e os motivos que levou o obreiro a questionar o que estava acontecendo. O interessante neste trecho da auto-biografia de Marco Feliciano, é que podemos ter uma noção de como algumas pessoas fazem exegese das Escrituras.

Ao ser questionado sobre a falta de “ordem e decência” que estava havendo durante sua pregação, qual foi a resposta do estimado pastor? Ele simplesmente jogou “Escritura contra Escritura”, citando Atos 2 completamente fora de contexto, segundo o seu próprio bel-prazer.

Sei que algumas pessoas poderão me odiar pelo que vou dizer, porém, o fato é que Atos 2 não serve, de forma alguma, para justificar a bagunça que pode ser vista em diversos cultos carismáticos por ai. Certamente alguém me dirá que no referido texto se vê os incrédulos acusando os cristãos primitivos de estarem bêbados. Isso é verdade. Tal acusação foi feita. Todavia, qual era o comportamento deles durante tamanho mover do Espírito?

Segundo o relato de Lucas, o médico evangelista, quando o Espírito desceu sobre a Igreja, os cristãos começaram a falar outros idiomas: “E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem” (Atos 2.4).

Por ser a Festa de Pentecostes, a cidade estava cheia de judeus e prosélitos vindos de todas as partes do mundo. Como aconteceria hoje numa Copa do Mundo, a cidade contava com a presença de pessoas de diversas nacionalidades, e que falam diversas línguas. E este foi o milagre daquele dia. Cada uma daquelas pessoas foi capaz de compreender a pregação do Evangelho, e o louvor que saia dos lábios dos cristãos, em seu próprio idioma:



“E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma grande multidão, e estava confusa, porque cada um ouvia falar na sua própria língua. E todos pasmavam e se maravilhavam, dizendo uns aos outros: Pois quê! Não são galileus todos esses homens que estão falando? Como, pois, os ouvimos, cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos?” (Atos 2.6-8).

Diante de tal milagre houve duas reações. Alguns ficaram curiosos e maravilhados; enquanto outros simplesmente zombavam dizendo que eles estão bêbados. Ou seja, estes últimos imaginaram que não se tratava de nada especial, apenas um bando de bêbados, certamente instruídos, fazendo algazarra para impressionar os visitantes.

“E outros, zombando, diziam: Estão cheios de mosto” (Atos 2.12).

O fato é que esta passagem das Escrituras não pode servir como justificativa para a irracionalidade demonstrada em diversas demonstrações carismáticas que podemos facilmente encontrar em nossos dias. Muito pelo contrário. O resultado do que aconteceu em Pentecostes, foi que os estrangeiros ouviram a PREGAÇÃO DA PALAVRA, cada um em seu próprio idioma. Não houve baderna, desordem, emocionalismos irracionais, ou coisa semelhante! Isolar as zombarias feitas por um grupo de incrédulos e ignorantes não é fazer exegese, é mutilar o texto sagrado visando interesses próprios.

Infelizmente, ‘exegese’ semelhante a esta pode ser vista constantemente por aí...

Ah, antes que eu me esqueça, o pastor Marco se esqueceu de corrigir um detalhe, o mandamento sobre “ordem e decência” não se encontra no capítulo 12, mas sem no capítulo 14.
“Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação. E, se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete. Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus. E falem dois ou três profetas, e os outros julguem. Mas, se a outro, que estiver assentado, for revelada alguma coisa, cale-se o primeiro. Porque todos podereis profetizar, uns depois dos outros; para que todos aprendam, e todos sejam consolados. E os espíritos dos profetas estão sujeitos aos profetas. Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos. As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja. Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós? Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor. Mas, se alguém ignora isto, que ignore. Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar, e não proibais falar línguas. Mas faça-se tudo decentemente e com ordem” – I Coríntios 14.26-40.

Paz e bem.

16 comentários :

  1. Sou pentecostal, e concordo com o comentário do irmão, mas acredito, porque já vivenciei, que as experiências bíblicas como o batismo no Espírito Santo, as curas e milagres ocorridos na igreja primitiva ainda são possíveis nos dias de hoje. Como Pedro disse aos que o ouviam: "Esta promessa diz respeito a vós, aos vossos filhos, e a todos os que estão longe, a todos quantos o Senhor nosso Deus chamar." 1 PE 2 vs 39. Não podemos excluir a operação do Espírito Santo em nosso meio, mas devemos sim cultuar com ordem e decência, cada coisa no seu lugar e cada manifestação no seu tempo. Como diz o texto: "Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar, e não proibais o falar e línguas, mas faça-se tudo decentemente e com ordem" 1 CO 14 vs 40.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela análise e pela coragem em publicar tais estudos, caro Marcelo Lemos.

    Abrcs.

    ResponderExcluir
  3. marcelolemoseditor12 de agosto de 2009 14:03

    Obrigado pelo apoio, irmão Medeiros.

    Paz!

    ResponderExcluir
  4. marcelolemoseditor12 de agosto de 2009 14:18

    Amém! Concordo plenamente com o irmão!

    Paz e bem.

    ResponderExcluir
  5. Pb. Nivaldo Júnior27 de agosto de 2009 13:16

    QUE A PAZ E A GRAÇA SEJA COM TODOS VÓS...!

    BOM, SOBRE ESSE ASSUNTO PARABENIZO O IRMÃO MARCELO LEMOS E PELA DISPOSIÇAO EM REFUTAR TAIS ABERRAÇOS DOUTRINARIA QUE COMUNMENTE OCORREM EM NOSSOS DIAS, FUGINDO DA PURESA E SIMPLICIDADE DO EVANGELHO...
    MAS DEVIDO AS RESPOSTAS ACIMA VEJO QUE AO DEFENDERMOS UMA OPINIAO DEVEMOS DEIXAR CLARO ATE ONDE VAI NOSSA OPINIAO, POIS FICOU PARECENDO QUE O IRMAO NAO CRE NOS DONS ESPIRITUAIS, POREM ACREDITO QUE O IRMAO CREIA...
    AGORA, QUANTO A PESSOAS COMO MARCO FELICIANO (PERSSONAGEM EM QUESTAO) E OUTROS COMO O TAL, QUE BUSCAM ATRAVEZ DO EVANGELHO FAZER CRECER O SEU NOME (EM VEZ DO DE CRISTO), OU TENDO FINS MATERIAS, OU AINDA ATE MESMO ESTAO POR AI PREGANDO "BESTEIRA", PERVERTENDO A FE CRISTÃ QUE AM TANTO CUSTO TENTAMOS FAZER PERMANECER PURA E INCORRUPTIVEL DEVEMOS SIM NOS POSICINAR DE MANEIRA A EVITAR QUE A FE DO POVO SEJA CORRONPIDA, POR ESSES QUE SUJAM A MENSSAGEM DA CRUZ COM COM TANTO "OBA-OBA" E MENTIRAS...
    AINDA...
    GENOINOS HOMENS DE DEUS, IDONIOS NA PALAVRA... BUSQUEMOS EM DEUS SABEDORIA, GRAÇA E UNÇAO DO ESPIRITO PERA PROMOVERMOS A PURESA E O BOM MOME DO EVANGELHO DE CRISTO, PARA QUE NOS E OS QUE NOS OUVEM PERMANEÇAMOS NA SIMPLICIDADE DO EVANGELHO DE CRISTO. TAMBEM BUSQUEMOS A DEUS EM FAVOR DE PESSOAS AS QUAIS CRITICAMOS, POR SEUS VERGONHOSOS ERROS POIS ESTES TAMBEM PRECISAM ALCANSSAR A SALVAÇAO...
    QUE A GRAÇA E A PAZ DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO SEJA EM NOSSAS VIDAS, POIS OS TEMPOS SAO MAUS...
    AMEM...

    ResponderExcluir
  6. marcelolemoseditor27 de agosto de 2009 15:39

    Olá, Pb. Nivaldo; paz e bem!

    Sim, creio na atualidade dos dons e não esperava que meu texto desse uma impressão contrária a isso. Estarei revisando o texto a procura de onde dei tal impressão, sendo necessário, farei a devida correção.

    Grato pela participação.

    Paz!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns,

    Certa feita ví este denominado Pregador, e causou-me grande extranhamento sua necessidade de auto proclamar-se, Pois sabemos, somos servos e nossa maior glória deve ser Cristo, ENALTECIDO REVERENCIADO GLORIFICADO pelo seus súditos e sinceros devotos.

    .....Importa que ele Cresça, e eu Diminua....


    Abraços fraternos em Cristo Nosso Senhor..

    ResponderExcluir
  8. marcelolemoseditor29 de agosto de 2009 14:27

    Obrigado pela participação, irmão Paul Fortunatto; que Deus lhe abençoe ricamente. Infelizmente, os próprios cristãos parecem sentir necessidade de 'personalidades', afinal, somos 'nós' - estou generalizando, claro; quem patrocina tais absurdos.

    Paz e bem.

    ResponderExcluir
  9. O versículo citado no primeiro comentário, do irmão Marcelo, está na verdade em Atos, e não em 1 Pedro.

    Atos 2:39 Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos e a todos os que estão longe: a tantos quantos Deus, nosso Senhor, chamar.

    Fiquem na Paz do Senhor Jesus!

    ResponderExcluir
  10. marcelolemoseditor9 de setembro de 2009 13:41

    Obrigado, irmão Marin.

    Paz!

    ResponderExcluir
  11. O evangelia virou uma maneira de ganhar dinheiro, não de ganhar almas para o reino de Deus,muitos emtrão nesse oba oba , pulam , sapateiam,dismaiame ainda falam que é Deus uma perfeita bagumça, depois da emaçao vem o tal dezafio, emvelopinho daqui, emvelopinho dali como se Deus estivese vendendo benças, não se prega salvação,so prosperidade.
    Tem dia que eu venho da igreja pergundando pra Deus cade o evangelho que cura, liberta,transforma e leva para o céu quamta ipoprezia no meio daqueles que se dizem ministro do evangelio, tá dificil mais não vou parar amem

    ResponderExcluir
  12. Faço tuas minhas palavras marcelo , porque que te revelou isso não foi a carne nem o sangue , mas o espirito santo amém irmãos

    ResponderExcluir
  13. Fico a imaginar, como deve ficar o coração de DEUS . Ao ver servos, degladiando-se ante os que não O temem. .fazendo comentários escarnecedores,de lideres que tiveram coragem,e foram além, na força do SENHOR. Quem gosta destas criticas é o diabo. E imagino, com que poder ele deve persuadir tais homens, a lançar coisas assim na net contra os próprios menbros do corpo pelo qual JESUS MORREU. Imagino a mente do ímpio, que não se converte por ver estas coisas irresponsáveis. Use o conhecimento exegético para ganhar almas, respeite homens de DEUS. JESUS QUER USAR VOCÊ TAMBÉM irmão. Mas,ELE só fala, se você falar, só toca para curar, se você tocar com fé em alguém. O que te une ao irmão, é mais forte do que o te separa dele. O SANGUE que nos une, é maior do as opiniões que tentam nos separar. por favor, ame como JESUS amou. ALÉM DAS DIFERENÇAS. a mulher samaritana ,Levi, Pedro O negou e ELE amou, amou até a Judas,a você, a mim eu te amo em CRISTO JESUS. GLÓRIA A DEUS.

    ResponderExcluir
  14. Querido irmão, não há ninguém degladiando-se contra ninguém nesse texto.

    Você concorda comigo que devemos estar vigilantes a respeito das falsas doutrinas? Muitas religiões cativam milhares de seguidores (muito mais do que o cristianismo) e nem sequer falam sobre Jesus. Não é porque alguém anuncia uma doutrina e cativa a muitos que essa doutrina seja de Deus. O próprio apóstolo Paulo elogiou os irmãos de Beréia porque foram confirmar se o que Paulo dizia era verdadeiramente Bíblico.

    Creio que pior do que uma religião pagã adquirir muitos adeptos é a má ou parcial pregação do evangelho.

    É muito claro que Marco Feliciano (não somente ele) deixou levar-se por novidades gospel que surgiram no século XX e está faltando com a pregação da sã doutrina.

    É com tristeza que afirmo isso. Muita tristeza.

    Fique com Deus! Se quiser responder a este comentário meu, prefiro que me adicione no msn: cibeleblanco@hotmail.com

    ResponderExcluir
  15. O SANGUE que nos une e purifica, é maior do que as diferenças doutrinarias, do que as visões, seguimentos, muros denominacionais, placas de igrejas e até mesmo, divergências sem sentido. A alguns dias, vimos o pastor Sílas Malafaia falando do apóstolo Renê Terra Nova. O que foi dito contra o irmão em uma emissora de televisão, causou um impacto negativo grandioso. Hoje vemos, o pastor Sílas que um formador de opniões, falando que descobriu que o apostóslo, está lutando pelo mesmo reino que ele, trabalhando para o mesmo senhor, com a mesma finalidade, conduzindo almas ao seu reino. Mas, usando ferramentas e métodos diferentes. Eu conheço crentes que odeiam o apóstolo Renê, ea visão que ele adotou, por causa disto. Quero lhe dizer irmão, que sou crítico também. Mas, pelo que entendo na bíblia, todo concerto, exortação, com a finalidade de fazer cumprir à sã doutrina. Acontecia perante os crentes. O que não podemos é falar de um irmão perante o ímpio. e sim em nossas assembléias.Ou profetizemos contra os altares fendidos de nossas igrejas, já que somos profetas. Um médico, jamais falaria mal do outro perante um indouto. Paulo nos ensina a resolver nossas divergências entre nós, e não diante daqueles que ainda não conhecem à CRISTO. Falo isso, por que sou pastor em missão com minha família. E sei o dano que comentários e atitudes como estas causam ao corpo de CRISTO. obs; UM ERRO DOUTRINÁRIO, JAMAIS SERÁ PIOR DO QUE UM COMENTÁRIO CONTRA O IRMÃO, AO QUAL O ÍMPIO POSSA TER ACESSO. Paulo disse em primeira corintios.cap.6 ver.1,-10 e galatas cap.2 ver.14 . Somos um só povo, devemos estar unidos, em uma só visão, num só propósito, caminhando em direção à um alvo,aptos à receber uma corôa imperecível, da GLÓRIA REDENTORA DO NOSSO REDENTOR. Vale a pena se for por ELE.

    ResponderExcluir
  16. Envie comentário para pastorcarlosekart@hotmail.com

    ResponderExcluir

Comente e faça um blogueiro sorrir!

Reservamos o direito de não publicar comentários que violem a Lei ou contenham linguagem obscena.