Vou virar herege...

Vou virar herege...


Marcelo Lemos
- Esta sua pregação deveria estar exposta em um Museu (Alguém, no Orkut)
Estou decidido: vou virar herege. Tomei a decisão depois de ouvir alguém fazer uma analogia curiosa: “Crente é igual filho, agente fala mil vezes o certo, e mesmo assim eles só dão ouvidos ao que é errado, ainda que o erro tenha sido apresentado uma única vez!”. Bem, se isso for verdade, concluí-se que a forma mais fácil de tocar o coração da crentada de nossa geração é sendo um herege de carteirinha. Por isso, estou decidido a me ingressar na primeira Escola de Formação de Apostolos que topar na minha frente. Se eu não encontrar algo tão avançado para as minhas pretenções, me contentarei com a ‘Escola de Pastor’; sim, a mesma que foi esculachada pela CGADB, e mesmo assim, tem a cara-de-pau de se apresentar como reconhecida pelas Assembléias de Deus, Batistas, Presbiterianas...
Então, preciso virar herege. Mas, só de fachada, a fim de me fazer ouvir. Entenderam? Assim como os hereges se vestem de ovelhas para enganar o Povo de Deus, eu vou me vestir de lobo para traze-las de volta.
Será que vai dar certo?

Já tracei um plano, e vou confidencialmente partilha-lo com vocês.

E, toda ajuda me será necessária, pois nesta minha nova jornada existem elementos importantes no processo de formação. Um deles, talvez o mais importante, é compreender adequadamente o linguajar dos crentes atuais. Por exemplo, eu não posso já chegar ostentando o título de Patriarca, pois alguém já fez isso recentemente. Neste caso, certamente eu seria acusado de “rebelião”. Tenho muito o que aprender sobre “rebelião”, afinal é preciso sempre estar em sintonia com minha “cobertura espiritual”. Ainda que eu ache estranho que alguém dentre os ‘crentes’ me “julgue”, uma vez enfatizarem tanto Cristo ter dito “não julgueis”, é melhor não correr o risco, pois poderei estar indo contra a “Visão” dada por Deus a algum “ungido especial” - aliás, preciso urgemente encontrar um Papel de Parede onde tenha a escrita: “Não toqueis nos meus ungidos!”; de modo que ao ligar o computador não me sinta atraído pela tentação de voltar a ser um “blogueiro critico, invejoso e que nada faz pelo Reino de Deus”.

E, por falar em blogs e blogueiros, também me será necessário um banco de dados com informações sobre blogs subversivos. Estou até pensando em mandar um e-mail para a Torre de Vigia solicitanto alguma lista especial de ‘suspeitos’. Eu mandaria o pedido para algum apóstolo brasileiro, mas acho que eles, recentemente, andam muito ocupados procurando uma forma de se livrarem da concorrencia desleal do do Polvo Profeta - sim, aquele que deu uma de Nostradamus na Copa da Africa do Sul. Mas, dada a possibilidade de ainda não existir uma lista oficial, terei de pessoalmente dar nome aos bois.

Well... Na minha lista de blogs subversivos - contra os quais alertarei os meus cabrit... quer dizer, as minha ovelhas - certamente estarão aqueles que revelem algum destes sintomas:

Enfase na Graça. Por algum motivo não muito claro existem blogueiros que gostam muito de falar sobre essa coisa de “Graça”. É melhor que o pessoal não descubra o que isso quer dizer, e nem o motivo de ser tão importante e caro para alguns. A Graça é tema muito perigoso, pode ser que alguém começe a imaginar que a Cruz de Cristo o tenha feito homem livre; se isso acontece, meus planos de herege estarão comprometidos!

Simpatia pelas Doutrinas da Graça. Ora, se apenas falar em Graça já é subversivo, o que dizer daqueles que ainda falam sobre “doutrinas da graça”? Essa gente também é muito perigosa. Caso minha gente começe a ler estes caras eu terei que jogar fora a maioria dos meus esboços de sermões - e olha que eu gastei uma nota preta comprando livros de PNL para aprender a motivar o ego dos meus auditórios. Essa gente não vai me deixar em paz: certamente vão ficar me perguntando onde eu meti a pregação contra o pecado, a corrupção da natureza humana, a Soberania Abosoluta de Deus; também insistirão em saber o que fiz dos termos teológicos do Cristianismo Histórico. Gente muito perigosa essa; terão um lugar de destaque na minha lista de blogueiros invejosos e que nada fazem em prol da Seara...

Apego aos chamados ‘Princípios da Reforma’. Tenho aprendido (com ‘meus mentores’) que o único momento no qual devo me lembrar que sou “protestante” é quando me for conveniênte descer a lenha na Igreja do Papa; feito isto, que a Reforma vá se internar num Museu! Quem precisa conhecer o Pensamento Reformado se somos portadores da maior e mais profunda unção apostólica e profética que o mundo já viu? Povo de Deus, até nossa urina é ungida, e com ela demarcamos nosso terrítório! Não tenho conhecimento de que Lutero, ou qualquer outro Reformador, tenha feito uso da Unção do Leão.

Permitir que meus cabritinh..., quer dizer, ovelhas... fiquem expostas a estes protótipos de Genebra é o mesmo que condená-los a viver no passado, em dias onde tudo que os crentes gostavam era oração, jejum, santificação, devoção e... Bíblia!... Deus certamente tem voos mais altos para a nossa Geração! Quero pregar a Unção da Águia!

Hum... querem saber? Não daria certo, pois depois de traçar este plano me dei conta que não me resta mais nada de verdadeiro nas mãos... Me tornaria um herege de carteirinha também, um vendido aos sinais dos tempos. O que me resta então? Nada de muito vistoso: escrever e falar para uns 10 ou 15, porém, morrer na certeza de que Cristo não me julgará pelos meus números...

Sem remorsos, eu nunca fui bom em planos mesmo! Talvez por isso sempre fui fã do Cebolinha e seus fracassados "planos infalíveis". Você vem comigo?

Paz e bem!

9 comentários :

  1. Faltou o nome da Igreja:
    Igreja Pentecostal da Visão Apostólica dos Gibeonitas da Última Hora Completa em Doutrina e Santidade Conforme os Quatro Seres que louvam Dia e Noite e Moisés Teve um Vislumbre no Abrir do Mar Vermelho Que Liberta Sua Vida Através De Gezuiz que Ungiu Marcelo

    Acho que dá, se faltou algo a citar, talvez algo de Apocalipse, ou coisa assim para dar margem a uma campanha especial: Vencendo a Besta em sua vida. Pode criar campanha da besteira. Acho que dá.

    ResponderExcluir
  2. Paz Marcelo,

    Muito boa, e pertinente, sua crítica. Mesmo com esta "pitada" de humor, mostra o sério momento em que a igreja tem passado e como é fácil se tornar um herege verdadeiro.

    Deus abençoe a você e aos seus,

    Ednaldo.

    P.S. Continuo orando por você e por sua esposa, espero que tudo esteja indo bem.

    ResponderExcluir
  3. Há, há. há... Certamente vou pensar no caso!

    Grato pela visita; paz e bem a você!

    ResponderExcluir
  4. Paz do senhor professor

    Gostei das ideias, que o senhor venha continuar te abençõado!

    "Todo aquele que ler estas explanações, quando tiver certeza do que afirmo, caminhe lado a lado comigo; quando duvidar como eu, investigue comigo; quando reconhecer que foi seu o erro, venha ter comigo; se o erro for meu, chame minha atenção. Assim haveremos de palmilhar juntos o caminho da caridade em direção àquele de quem está dito: Buscai sempre a Sua face."

    Agostinho de Hipona

    ResponderExcluir
  5. Muito bom Marcelo, bom mesmo seu texto viu,

    Que Deus continue a te usar irmão, sempre que posso dou uma passadinha aqui no seu Blog, muito legal aqui.

    Nele, Cleiton.

    Paz e bem.

    ResponderExcluir
  6. Obrigado, Cleiton; que Cristo te ilumine cada dia mais.

    Paz

    ResponderExcluir
  7. Muito bom este seu texto, quanta realidade em poucas linhas, assim como você, sinto-me em plena aflição com este novo evangelho, doi meu coração,minha mente e meus ouvidos ... com tanta abrobrinha que dizem por ai ... Deus abençoe você e toda sua familia ... obs. os planos infaliveis do Cebolinha fui ilario kkkk .... de alguém que te admira ....

    ResponderExcluir
  8. Marcelo.

    Parabéns. Linguagem simples e despojada para tratar de um assunto que também me preocupa muito - o caminho que a igreja no Brasil tem percorrido.

    Oro para que a voz de “blogueiro critico, invejoso e que nada faz pelo Reino de Deus” ecoe em cada canto, por todo ciberespaço, e nos ajude a adotar a postura bereiana.

    Na Paz.

    ResponderExcluir
  9. Vilobaldo paz e silva25 de agosto de 2010 17:52

    Deus continue te abençoando.

    ResponderExcluir

Comente e faça um blogueiro sorrir!

Reservamos o direito de não publicar comentários que violem a Lei ou contenham linguagem obscena.