Revelamentos e Profetadas...



Rev. Marcelo Lemos

Eu acredito nos dons, por mais que isso me cause alguns problemas nos círculos reformados, onde tem até quem se recuse a me aceitar como um deles. Sim, creio nos dons, e não me envergonho disso. Não me envergonho, por exemplo, de já ter tido uma visão maravilhosa da Segunda Vinda, uma experiência que compartilhei com pouquíssimas pessoas [dá pra contar nos dedos de uma mão!], dentre elas, a minha esposa. Faço questão de guardar a visão comigo, pois creio ter sido algo pessoal, entre Deus e um pecador. E por mais que minha vida tenha sido restaurada depois daquela visão, o fato é que Cristo não me chamou para compartilhar sonhos, mas sim, a Palavra de Deus. Não estou dizendo que contar os detalhes da visão à vocês, ou a outros, seja pecaminoso, mas sim que anunciar o Evangelho é algo muito mais importante e urgente.

Contudo, acreditar nos dons espirituais não é o mesmo que acreditar em “todo espírito”. “Amados, não creiais a todo espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo” (I João 4.1). Desde criança tenho escutado pessoas afirmarem ter ido aos céus, ou ao Inferno. O Brasil já teve um famoso “Adão”, que não apenas teve tal experiência, como a teve enquanto “mortinho da Silva”, sendo ressuscitado depois... Nosso Adão brasileiro afirma ter sido acompanhado por Cristo numa viajem de três dias ao Céu e ao Inferno, já a americana Mary Baxter teve maior privilégio: o passeio durou 40 dias. E alguém me envia o vídeo de uma pregação-testemunho de uma “missionária” brasileira que já visitou a terra de Dante umas 15 vezes. Uau! O nome dela é Yoana Santo...

O que mais me incomoda nesses testemunhos todos não é [suposta] visão em si. O maior problema nisso tudo é a descarada desvirtuação do ministério da Palavra. Essa gente fica famosa, talvez até ganhe um bom dinheiro, para encantar seus ouvintes com histórias mirabolantes, enquanto a exposição da Escritura é simplesmente ignorada. É quase impossível não pensar na imagem de um Circo quando vejo a Igreja propagandear “ex-bicha”, “ex-noia”, “ex-traficante”, “ex-bruxo”, ou “ex” qualquer coisa. Certamente aquele que foi liberto de seus pecados pode, e até deve, testemunhar ao mundo, no entanto, nunca pode substituir a Palavra por sua experiência pessoal. Aliás, todos nós somos “ex”alguma coisa, e muitos ainda lutamos contra os nossos “ex”, seja lá o que, e não creio que o “ex” de alguns seja mais impressionante que o de outros. Nossas experiências com Deus devem entrar numa Pregação como a “cereja do bolo”, e não o contrário. Infelizmente, toda vez que leio ou escuto certos “testemunhos sobrenaturais”, a [suposta] experiência parece ser o bolo, e as Escrituras são citadas, de modo isolado, apenas para rechear a coisa, e imprimir alguma respeitabilidade bíblica ao relato.

E existe algo ainda mais grave. Para os cristãos a revelação canônica está fechada, nada mais lhe podendo ser acrescido. Ainda que o Espírito Santo continue falando aos crentes hoje, nenhuma nova doutrina, ou mesmo nenhum novo detalhe sobre doutrina podem nos ser dados. Todo o necessário para a salvação, para sermos perfeitos em Cristo, já nos foi revelado, e está gravado com tinta indelével nas páginas do Santo Livro. Lembro que quando tinha uns 12 anos algumas pessoas foram a minha casa fazer um culto doméstico, e uma das irmãs, durante a oração, aproximou-se de minha mãe e disse: “Helena, leve seu filho ao médico, ele precisa de cuidados. Deus está dando um livramento para ele, mas leve ao médico, pois vejo que o pulmão dele está seriamente comprometido”. Como eu não sentia nada, minha mãe e eu ignorados o aviso (e eramos pentecostais!). Uns seis meses depois fui parar no hospital, com um derrame pulmonar... “Mãe, seu filho deveria estar bem ruim, mas, para nossa sorte, ele vai ficar bem, e o tratamento vai ser bem tranquilo!”.

Se para o médico eu tive “sorte”, para mim aquilo foi uma dádiva do Senhor. E por mais que meus irmãos reformados me critiquem, em nada vejo aquela revelação contrariando a Palavra de Deus. Em primeiro lugar, a pessoa não nos trouxe nenhuma nova doutrina. E em segundo lugar, o que ela disse se mostrou verdadeiro. Infelizmente nem toda vez é assim. Também já presenciei “profetas” ameaçarem “irmãs que cortam o cabelo”, e tantas outras tolices. Sem falar nas promessas que jamais se tornam realidades, e culpa nunca é do profeta... O que vejo em muitos [supostos] profetas, especialmente nesses viajantes entre o Céu e o Inferno, são heresias e mais heresias, e uma deturpação completa da mensagem do Evangelho.

Você pode desmascarar todos esses profetas com uma ou duas perguntas: “Por qual razão Deus fez isso como você?”. Ou então: “Por qual razão ele te ordenou viver contando isso aos outros?”. Basicamente as respostas serão bem parecidas com a que vemos na capa do livro da senhora Baxter, “Mary Katherine Baxter foi escolhida por Deus para fazer o mundo conhecer a realidade do Inferno” (edição americana). Basicamente é isso. Essas pessoas acreditam, ou parecem acreditar, que a experiência delas é extremamente importante para a salvação de outras pessoas, e talvez, até para a sua salvação pessoal. O grande problema é que isso é absolutamente falso, é outro evangelho, e não o de Cristo. Não precisamos de novas revelações para sabermos da existência do tormento eterno, da realidade do céu, ou do caminho para a Salvação. Isso já nos foi dado, e é extremamente ridículo ver evangélicos, que se orgulham de ser o “povo da Bíblia”, precisando desse tipo de muleta para acreditar em Deus! Será mesmo que essa turma toda, que não perde tempo quando precisam criticar os católicos romanos, realmente leem suas Bíblias. Eu não colocaria minha mão no fogo. Fogo? Ops!

E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento. Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos” (Lucas 16:27-29).

Além de serem vendidas como muletas para a fé das pessoas, tais revelações não raramente apresentam um plano de salvação diferente do apresentado pelas Escrituras. Adão Campos, por exemplo, um dos turistas sobrenaturais dos mais famosos, afirmava que “Há grande apronte no Céus irmãos, aguardando a sua Igreja! Ví santos (que), chegaram na Porta dos Céus, (que se diziam santos), que não puderam entrar nos Céus!. Santos, (que se diziam santos barbudos, cabeludos), seus nomes não estavam no Livro da Vida! (…) Santas que chegavam no Céu, o anjo madava virar suas costas para ele; ele media seu..., (lá no Céu, os cabelos das irmãs, eles não dizem cabelos, eles dizem véu), eles mediam..., o..., o anjo media com a mão os seus véus (e ele sente a falta quando falta); e ele perguntava: quê, que fizeste do teu véu? Ela dizia: “E-eu aparei, eu tosquiei!” E o que mais que fizeste? “Eu pedi misericórdia, pedi perdão!” Que mais que fizeste? “Eu nunca mais tosquiei!” (Então tinha perdão, entrava no Céu.). Outras ele perguntava pras..., pras irmãs o seu véu; elas diziam que tinham tosquiado, e..., ele perguntava que mais que fizeste? Ela dizia que tinha pedido perdão, o que mais que fizeste? E ela disse que tinha..., tosquiado de novo e não pediu mais perdão por que tinha vergonha! O anjo chamava outro anjo e mandava amarrar de mãos e pés e lançar nas trevas exteriores”.

Onde a Bíblia ensina que homens com cabelo crescido, ou barba crescida, não herdarão os Céus? Onde se diz que mulheres que aparam o cabelo serão condenadas ao Inferno? Ainda que muitos pentecostais ainda defendam isso, não é o que a Bíblia diz! Assim, o que temos nessa visão é um falso profeta impondo regras sobre a vida das pessoas, com base em uma suposta revelação. Interessante esse gente toda se dizendo “evangélica”, quando a doutrina da Reforma Protestante fez questão de enfatizar que os cristãos só estão obrigados àquilo que a Escritura expressamente ordena ou proíbe, ficando o restante nas mãos da liberdade de consciência de cada um.

A Escritura Sagrada contém todas as coisas necessárias para a salvação; de modo que tudo o que nela não se lê, nem por ela se pode provar, não deve ser exigido de pessoa alguma seja crido como artigo de Fé ou julgado como requerido ou necessário para a salvação” (39 Artigos da Religião, VI). Confissão de Fé da Igreja Anglicana.

E há mais erro. Vamos imaginar que essas pessoas não nos trouxessem erros teológicos gravíssimos, mas apenas detalhassem como é o Inferno ou o Céu. Ora, se nos fossem necessários os “detalhes”, certamente a Bíblia nos já teria contado. Como é possível uma religião ser tão prepotente a ponto de achar que todos que nos antecederam a 2000 anos sabiam menos sobre o céu e o inferno? Eu ouço gente dizendo que no Inferno tem corredores, grades de ferros, tridentes, e tantas outras coisas do tipo. Talvez tenha. Mas a Bíblia não diz que é assim, logo, pode não ter nada disso. Li um livro onde o homem diz que as ruas dos céus são, literalmente, de ouro, as casas são de ouro e pedras preciosas, um lugar onde nada do que conhecemos hoje parece existir. Talvez, mas eu prefiro pensar que nos deitaremos sobre a grama verde, tomaremos suco de laranja e, quem sabe, um bom vinho. Se tiver pastel de feira então, que maravilha! Agora, a minha opinião é pessoal, e eu não saio por aí dizendo que “fui no céu e vou contar para todo mundo como é lá”.

Em seu livro, “O Caos Carismático” (Editora Fiel), John MacArthur acertadamente descreve o que se vê em muitos lugares: A erudição e o estudo meticuloso são preteridos por mensagens particulares da parte de Deus”. MacArthur, como praticamente todo cessacionista, acredita que esse abuso acontece com todos que creem nos dons espirituais. Eu discordo. No entanto, ele está essencialmente correto na descrição da mentalidade do que talvez seja uma grande maioria. Há um grande perigo aqui. Vale lembrar que as inúmeras seitas que nos cercam começaram com revelações adicionais: adventismo do sétimo dia, testemunhas de jeová, o Livro de Mórmon, e outras mais. O que esses grupos tem em comum? De um modo ou de outro, elas abandonaram o conceito evangélico fundamental: a suficiência das Escrituras.

Assim como os Apóstolos nos deram os fundamentos da Fé Cristã, o mesmo é dito a respeito dos Profetas canônicos. Certamente a Palavra de Deus chama homens como Agabo de profetas, mas vale lembrar que as palavras de Agabo não se tornaram canônicas. Ele não era profeta como S. João, ou como Jeremias. Muitas pessoas no Novo Testamento, incluindo mulheres, traziam avisos, exortações, e consolo inspirados por Deus. Jamais se diz que suas palavras tenham sido canônicas. Eram mensagens limitadas e restritas.

Neste sentido especial, Apostos e Profetas não existem mais, pois se existissem, a Bíblia ainda não estaria concluída. Por isso, ainda que o Espírito fale aos cristãos hoje, em nada se compara ao que já está feito! Se perdermos a noção de suficiência completa das Escrituras para a nossa fé e conduta, certamente mergulharemos no caos. Eu creio em ações milagrosas de Deus, mas não vivo esperando por elas, ou na dependência delas. A fé da Igreja baseia-se na Palavra de Deus.

42 comentários :

  1. Graça e paz rev. Marcelo.

    Texto irretocável! Sou reformada, como bem sabe, mas não sou cessacionista. Penso igual a você nesse quesito.

    Forte abraço!

    Rilda

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Rilda!

    Deus te abençoe ricamente, em Jesus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ;), estamos juntos nessa reverendo.

      Abraços na família.

      Excluir
  3. Parabéns pelo texto.
    Uma visão que concordo, pois oferece um grande equilíbrio.
    Custa-me a perceber como hoje tantos reformados, olhem para os dons como uma anulação das Escrituras.
    No livro que citou de MacArthur, li partes, e achei demasiadamente tendencioso e usando uma linguagem por demais pluralista, no sentido de que se há exageros nos carismáticos isso é prova que todos são iguais. Ora, esperava bem mais dele.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. A Apóstola Rilda é pentecostariana...
    Hahahahaha!!!

    ResponderExcluir
  5. A Apóstola Rilda é pentecostariana...
    Hahahaha

    ResponderExcluir
  6. kkkkk, não sou apóstola não Mateus Leal. Esse cajado não está sobre mim e sobre nenhuma outra mulher, pode crer! E sobre homem também não (creio eu)!

    Forte abraço seu herege!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkkkkkk... Tão tá.

      Cuidado com os revelamento, to sabendo que você está se tornando quase uma E.G.W presibiteriana.

      Brincadeirinha, é só pra descontrair mesmo.
      Abração profetiza.
      Deus abençoe!!!

      Excluir
  7. Talvez o texto mais equilibrado que já li de um reformado.

    ResponderExcluir
  8. Entrei no seu blog,no para ler suas materias mas para informa que vc vive em babel.
    Quando afirmei que a Biblia no diz que isso ou aquilo e pecado,me referi quando um pessoa ler a Biblia e diz,nao acho que isso ou aquilo e pecado pois a Biblia no menciona,nunca achei que isso e pecado e etc.Afirma tal pessoa.

    Pra vc toma cerveja e pecado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahahaha... Tu é comédia brother!!!

      Excluir
    2. Irmão, só é pecado se for, Nova Schin, Sol, Kaiser, e Skol.
      huahsuhauhsuhauhsuhaus

      Excluir
  9. Caro pastor, se a Bíblia NÃO DIZ que algo é pecado, então, NÃO É PECADO. Eu só aceito a autoridade DA ESCRITURA. Se você aceita OUTRA autoridade, além da Bíblia, então quem vive em uma babel é o senhor.

    Eu só aceito a Bíblia como regra de fé e prática, e o senhor, aceita a autoridade da Bíblia e de mais quem?

    ResponderExcluir
  10. Pelo que estou analisando o Sir ainda nao entendeu,paciencia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, não entendo como um pastor pode dizer que Bíblia não diz o que é ou não pecado. Não entendo, me recuso, como um pastor pode aceitar que outra pessoa, que não Deus na Escritura, decida o que é ou não pecado.

      É isso que o senhor prega na Igreja?

      Excluir
    2. Mgomes, vai ver você é até bom como publicitário (como diz seu perfil), mas fique nesse ramo.

      Excluir
  11. Mgomes, talvez o senhor seja um bom publicitário, como está no seu perfil, mas fique só nesse ramo.

    ResponderExcluir
  12. O sir disse que o Adao mentiu,certo? Entao vejamos(ele trouxe uma revelação que CONTRADIZ A BÍBLIA)Pergunto que nova revelacao foi esta?Que mentira foi esta? Ele apenas disse o que viu,crentes barbudos e cabeludos que nao poderam entra nos ceus.

    A Biblia nao diz que o crente cabeludo e barbudo vai para o inferno e tambem a Biblia nao afirma que o crente barbudo e cabeludo vai para o ceu.

    Sim,muitos homens de Deus usavam barba,vc tem apoio no VT mas no novo testamento de Jesus Christ vc nao encontrara apoio para tal coisa.

    (I Coríntios 11:7). Em Coríntios 11:14 Paulo interroga: “Ou não vos ensina a mesma natureza que é desonra para o homem ter cabelo crescido?”Esses versículos se completam. O que Paulo está dizendo é que o homem se apresente de cabeça descoberta, isto é, sem cabelos crescidos.
    E desonroso para o varao ter cabelos crescidos e ate mesmo no velho testamento os sarcedotes usavam cabelos curtos(Eze 44,20)voce deve saber que tosquiar e ''cortar rente''

    E desonra para Deus um crente cabeludo e neste caso o Adao esta certo,crentes cabeludos nao entra no ceu.

    Voce deve saber caro irmao que nos tempos do NT o cabelo longo masculino era vergonhoso entre os homens e repudiado pelos judeus.

    As Escrituras e de particular interpretação? Nao,o mesmo Holy Spirit inspirou a Paulo escrever sobre isto,neste caso a palavra nao e de Paulo e sim de Jesus.

    Crente barbudo e crente relaxado que nao cuida do templo do Holy spirit.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido pastor, veja: mesmo que a Bíblia ensinasse que cristão barbudo não entra no céu, foi o senhor mesmo quem disse que a Bíblia NÃO DIZ o que é ou não pecado, não é mesmo?

      Agora, no mesmo capítulo acima o apóstolo Paulo diz que as mulheres devem usar véu, e caso não queiram usar o véu, devem também rapar a cabeça...

      Por outro lado, o texto não fala nada sobre barba, fala apenas sobre cabelo masculino. Além disso, não fala nada sobre gavetas onde Deus faz coleção de cabelo cortado. Nem de cabelo que é transformado em ouro, ou coisa do tipo. O argumento de Paulo é para defender O USO DO VÉU. Engraçado Adão não ter visto que as mulheres precisam, no culto, usar o véu, né?

      Adão: falso profeta! Como sei disso? Pq só a Bíblia pode me dizer o que é pecado, e ninguém mais. Nem vc, nem Adão Campos, ainda que o senhor tenha dito que a Bíblia não diz o que é ou não pecado (releia sua postagem lá no Genizah, por favor).

      Excluir
  13. Querido Pastor,Eu posso sim ter errado(confirmo)o que realmente eu quiz dizer e.O crente quer que a Biblia diga o que e pecado,por exemplo,e pecado fazer isso,e pecado fazer aquilo e por ai vai.

    O sir disse que Paulo nao fala nada sobre gavetas,certo?Ai o sir ja queria D+,ja imaginou tudo o que Jesus fez e depois os Apostolos fosse registrado na Biblia? O mundo nao caberia em livros. Ja imaginou todas as visoes que Paulo teve fosse registrada nos seus livros? Quem garante que Paulo nao viu as gavetas?Eu nao digo que sim e muito menos digo que nao.

    Voce disse,Engra￧ado Ad ̄o n ̄o ter visto que as mulheres precisam, no culto, usar o v←u, n←?

    Pelo que a Biblia afirma o cabelo ficou no lugar de veu,como Adao poderia ter visto o veu la? Pergunta sem pe e sem cabeca ne?

    E errado sim crente cabeludo e barbudo.

    Agora aos que me chamam de comedia,nao fico triste pois assim tambem chamaram Gunnar Vingren e muitos outros.

    Esses que me chamam de comedia querem a Biblia de acordo com eles e digo Adao mexeu com eles por isso o odio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois bem, meu querido, então você concorda comigo que aquilo que é pecado A BÍBLIA DIZ. No entanto, discordamos em uma coisa: para você OUTRA PESSOA pode também dizer o que é pecado, e não só a Bíblia. Eu digo que SOMENTE A BÍBLIA pode dizer o que é pecado.

      Você, por exemplo, diz que beber cerveja é pecado. Eu digo que é mentira, pois a Bíblia não diz isso, e até recomenda que se beba moderadamente bebidas alcoolicas. Eu prefiro acreditar na Bíblia.

      Você diz que crente que usa barba vai para o inferno. Ou seja, eu vou, na sua opinião, para o Inferno. Mas a Bíblia NÃO DIZ ISSO EM LUGAR ALGUM. Novamente, eu prefiro ficar com a Bíblia.

      Você diz que eu não posso provar que Adão não tenha visto gavetas onde Deus faz coleção de cabelos. Posso sim: pois a Bíblia diz que a Escritura possui TUDO para tornar os cristãos PERFEITOS E PERFEITAMENTE preparados PARA TODA BOA OBRA. Logo, não existe nada FORA da Escritura que Deus fosse revelar DEPOIS.

      Você, por outro lado, se agarra a visão de Adão, sobre gavetas divinas colecionando cabelos. Mas você não pode provar isso...

      Paulo ordenou que as mulheres de Corintio usassem véu no culto publico, e que ficassem caladas. Está escrito. E foi apenas isso que eu disse. E voc~e não pode alterar o que está escrito.

      Excluir
  14. Sir lucas,claro que pra vc eu deveria ficar somente no minha aerea profissional,pois como pastor vc teria um paredao pela frente.

    Sir Mateus,sou comedia? Amem assim foram taxados grandes homens de D'us,

    beber cerveja e errado? Claro e vc nao vai drink pois sabe que pode perder a salvacao,cerveja e pecadao,agora os pecadinhos esse sim vai levar multidao ao inferno.

    Mas neste caso alguem te chama de comedia sabe quem? Voce sabe muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beber cerveja é pecado? Nossa!

      Em qual parte da visão do Adão está ele disse isso? Eu não vi, devo não ter prestado atenção nessa parte.

      Excluir
  15. Voce disse que e mentira,quando eu escrevi que beber cerveja e pecado,pois Paulo orientou seu filho a tomar vinho.

    Pois a mesma Biblia orienta,nao se embriagar com vinho"Nao vos embriagueis com vinho mais devemos ser cheio do Holy Spirit.

    A Biblia coloca um nao na frente,e errado sim bebidas alcoólicas.

    Sim eu nao posso provar que existe nos ceus gavetas divinas,como vc tambem nao pode provar que nao existe as gavetas.

    Bem a Biblia nao fala que a barba e errado ou certo,no NT vc nao tem apoio(repito)para o uso da barba.
    Barba e sinal de preguicoso de relaxado que nao cuida sequer de sua imagem.

    Neste caso D'us esta limitado,nao pode levar ninguem aos ceus nem ao inferno,vc limitou o poder de Jesus.

    Se Jesus mostra alguma coisa no inferno para alguem,esta pessoa esta mentindo?

    Se voce dizer que sim,mostra que o falso profeta e vc nao o Adao.

    E se Adao fala-se o contrario sobre homens barbudos e cabeludos,qual seria o titulo de seu poster?

    ResponderExcluir
  16. Querido irmão;

    Uma coisa é eu ser contra bêbados, outra coisa é ser contra alguém beber. A Bíblia condena os bebados, mas não condena quem bebe. O próprio S. Paulo recomenda: "Não dado A MUITO vinho". Evidentemente o vinho no NT era alcoolico, do contrário, não precisa recomendar "não dado a muito", por motivos óbvios.

    Verdade, você não pode provar que no céu tenha gavetas onde Deus coleciona cabelos. No entanto, mesmo não podendo provar, você aceita que o tal do Adão tenha criado uma doutrina em cima disso. Percebeu a diferença entre nós? Você aceita OUTRA AUTORIDADE, eu só aceito a Bíblia.

    Você não gosta de homens barbudos. EU NÃO DOU A MINIMA para a sua opinião. Você não é inspirado pelo Espírito Santo, a Bíblia é. E a Bíblia não diz nada contra homens barbudos, muito pelo contrário.

    "É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce à orla das suas vestes" (Salmos 133.2)

    Rapar a barba já foi, inclusive, sinal de vergonha para os crentes no AT: "Quando isso foi informado a Davi, enviou ele mensageiros a encontrá-los, porque estavam aqueles homens sobremaneira envergonhados. Mandou o rei dizer-lhes: Deixai-vos estar em Jericó, até que vos torne a crescer a barba, e então voltai" (II Samuel 10.5).

    Nossa, quando será que o Deus de Adão de Campos inaugurou as gavetas? Ele mudou de opinião sobre barba, e estas viraram pecado assim, do nada?

    E o profeta Isaías descreve Cristo como tendo APARENCIA JUDAICA, com cabelo e barbas longas, nos quais se poderia dependurar e arrancar!

    "Ofereci minhas costas para aqueles que me batiam, meu rosto para aqueles que arrancavam minha barba; não escondi a face da zombaria e da cuspida" - Isaías.

    A versão grega, aliás, traduzi isso como tendo Cristo ferido em suas bochechas.

    Ademais, os filhos de Israel usavam barba (Lv. 12: 29) e (Lv. 19: 27); Arão, homem escolhido para sacerdote (Ex. 28:1) usava barba; (Sl. 133: 2) Também o profeta Ezequiel usou barba. (Ez. 5:1) Nenhum deles foi repreendido pelo Senhor. Na verdade, Deus INCENTIVA o uso da barba, para dize o minimo. Mas, para você, o pastor que prefere acreditar em Adão de Campo, eles era todos "preguiçosos, desleixados e sem preocupação com a própria imagem". Bem, meu caro, eu prefiro ficar com a opinião das Escrituras. E você?

    Por fim, eu não limito o poder de Jesus, como você mentirosamente me acusa, eu até contei sobre eu mesmo já ter tido uma visão da Segunda Vinda. Claro, o senhor pode discordar de mim, mas não pode FALSIFICAR o que eu escrevi. Discordar não lhe dá o direito de MENTIR.

    O que eu limitei foi o poder de gente como o senhor, que não podendo provar que algo é pecado usando as Escrituras, fica usando outras fontes para escravizar as pessoas.

    Entendeu?

    ResponderExcluir
  17. Repito so encontrou apoio a barba no VT,jamais vai encontra no NT.

    Adao nao trouxe nenhuma doutrina nova,apenas contou o que viu.

    Aceito somente autoridade da Biblia Holy,mas creio que Jesus pode sim arrebatar alguem e mostrar o inferno.

    Nao posso provar nada sobre as gavetas e vc tambem nao.

    Alem de vc limitar o poder de Deus,vou mais alem tenta desqualifica os irmaos que um dia tiveram esta experiencia com Deus.

    Bem se vc nao dar a minima sobre o que disse a respeito da barba,te garanto que nao e problema meu.

    A vc e barbudo,agora entendo sua raiva contra o irmao Adao.

    É bom não comer carne nem beber vinho, e nada fazer que ofenda, escandalize ou enfraqueça teu irmão” (Rm 14, 21). Ora, deixar de praticar o bem da virtude é escandalizar os irmãos, é fazer o mal. Logo, o uso do vinho é ilícito.

    Voce nao limitou meu poder,primeiro que nao tenho nenhum e muito menos sou escravocrata spiritual.

    Agora vc sim,ler a Biblia mas e cego spiritual.

    Voce me acusou de escravizar as pessoas isso e mentira,agora voce sim,abre a porta larga para elas.

    Procure ter um verdadeiro encontro com Deus,pois vc esta indo em direcao errada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo, querido pastor. Você é sim um "escravocata espiritual", com suas tradições humanas, que ensina sobre pecado sem a Bíblia dizer que é pecado aquilo que o senhor condena. Es um legalista, um assassino da graça. E é um mentiroso, quando diz que eu nego a a realidade do sobrenatural - o que demonstra, aliás, que sequer leu meu texto; ou se leu, apenas selecionou o que não gostou.

      Você tem o direito de discordar de mim, mas não tem o direito de MENTIR sobre o que eu escrevi.

      Você disse quem usar barba é sujo, desleixado, e todo o resto. Mas, agora admite QUE A BÍBLIA NÃO TEM NADA CONTRA USAR BARBA. Viu, você é um "escravocata espiritual", propagador de tradições humanas. Só pq o pentecostalismo INVENTOU que usar barba e beber alcool é pecado, você acreditou, caiu no conto do vigário, e vive pregando a mesma mentira.

      Agora, o senhor ADMITE que bíblia não condena a barba, mas que não se fala de barba no Novo Testamento. Perfeito! Mas veja: o Novo testamento não fala bem e nem mal sobre a barba. Por acaso o senhor tem mais autoridade que o Novo Testamento? Além disso, uma última questão: só é pecado aquilo que o Novo Testamento diz que é pecado, por acaso? Será que a opinião do Antigo Testamento não conta?

      Voltando ao alcool: Jesus bebia vinho, e até transformou água em vinho. Todos os grandes homens de Deus do AT bebiam vinho. Quando a Bíblia fala do Milenio, por exemplo, se diz que o vinho é abundante nele, como sinal da benção de Deus. No entanto, talvez o senhor seja mais santo que eles, né?

      E se Adão fosse a favor da barba? Bem, não mudaria em nada minha opinião, pois ele trouxe nova doutrina: que Deus tem uma gaveta onde coleciona cabelos cortados! Isso é mentira! Você diz que eu não posso provar que é mentira, mas posso sim: TODO O NECESSÁRIO para a salvação está REGISTRADO nas Escrituras. Nada mais será revelado sobre a salvação, santificação, justificação! Nada mais!

      "Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra" -2 Timóteo 3:16-17.

      Me diga pastor: Se é verdade que a Bíblia é suficiente para "que o homem de Deus SEJA PERFEITO" e também "PERFEITAMENTE INSTRUÍDO", como explicar que 2000 anos depois, uma pessoa possa ter uma revelação que mostra GAVETAS DE COLECIONADOR no céu, onde Deus guarda o pecado (cabelo cortado) das pessoas? Se a Bíblia É SUFICIENTE para me tornar perfeito, pq o senhor quer me convencer de que A IGREJA PRECISA hoje das novidades tragas pelo Adão de Campos?

      A diferença entre nós dois não é sobre crer ou não nos dons de Deus (leia meu texto novamente para não mentir mais sobre isso). A diferença, caro pastor, é que eu SÓ ACREDITO NA BÍBLIA, mas você acredita em profetas modernos e nas tradições humanas.

      Paz e bem!

      Excluir
  18. Responda Sir,

    Se o Adao Campos fosse a favor da barba e crentes cabeludos,qual seria seu poster?

    ResponderExcluir
  19. Voce e Judeu? Se nao for esta pecando pois deve cumpri toda a lei,pois so quem usava barba era os judeus.

    Esqueci vcs so pegam algo do VT o que interessa,por ex,encher a cara e usar barba para torna-se vaidoso.Comer marisco vcs tiram de letra,pois e caro (reverendo) nao pode comer marisco.(Contrate) alguns escravos para trabalhar na sua igreja.

    Eu disse o seguinte: A Biblia nao afirma se e certo ou errado o uso de barba.

    O NT nao mencionar sequer uma frase sobre a barba,pois crente verdadeiro cuida da sua imagem,pois tambem somos soldados de Christ e soldado nao usa barba,pois quando servi a Aeronautica eu tinha por obrigacao fazer a barba todos os dias.

    Pentecostalismo nao inventou nada,apenas trouxe a libertacao para o Brazil em 1911.

    O Ministerio do Pastor Gunnar e Daniel Berg oraram a Deus e decidiram em assembleia,o uso de barba e vaidade.

    E Jesus confirmou,pois escrito esta,o que concordarem na terra sera concordado nos ceus.

    Concordância: a etimologia dessa palavra remete ao coração, no sentido de pensar igual ao outro, com bastante união.

    Mateus 18.18-19 é um texto bem específico e claro ao falar sobre unidade e comunhão fraternal entre os santos. A união que Deus se agrada é composta por aqueles que o amam acima de todas as coisas e pessoas, por quem ama o semelhante como a si mesmo.

    A difereca entre nos e a seguinte,vc usa algum texto do VT para seu bel prazer e eu simplemente aceito a doutrina de Crhist como ela e.

    Voce e vaidoso caro (reverendo)e vaidade nao entra no ceus e muito mais quem enche a cara de cachaca.

    Ah vc pode dizer cachaca nao e wine,entenda como acha melhor.

    Voce esta sentado na cadeira de Moses nao entra nos ceus e nem deixa o povo entra.

    Pare de prega mentiras na sua igreja,pois Deus vai te levar a juizo um dia.

    Bem mentiroso eu nao sou,mas este titulo cabe muito bem a vc,pois suas mentiras esta levando almas para o inferno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro pastor-legalista, algumas observações:

      "Ofereci minhas costas para aqueles que me batiam, meu rosto para aqueles que arrancavam minha barba; não escondi a face da zombaria e da cuspida" - Isaías.

      Não apenas os "vaidosos", pecadores na sua opinião, usam barba. O próprio Cristo também usava, conforme A PROFECIA que eu citei, e o senhor IGNOROU convenientemente. Mas, além de ser mais santo que eu, deve se julgar mais santo que o próprio Cristo.

      Mas veja como o senhor é contraditório: primeiro vc veio aqui dizer que quem usa barba é desleixado, uma pessoa que "não se preocupa com a própria aparência"!! Ou seja, segundo você, usar barba é desleixo! Mas agora, acuado pela Bíblia, que desmente o senhor, a justificativa é outra: VAIDADE!

      Se decida meu caro: usar barba é vaidade ou desleixo? Nossa! Quanto malabarismo os legalistas fazem para justificar TRADIÇÕES HUMANAS. O que não me impressiona!

      Cristo, segundo a Bíblia, usava barba e tomava vinho. Nem você, nem seu profeta Adão de Campos, podem mudar isso. Entendeu?

      Sobre a Lei de Deus me impressionava ver o senhor blasfemar tanto contra ela, já que a Bíblia diz que ela é "santa, perfeita, e boa", que que os servos de Deus "tem prazer na sua lei, e nela medita dia e noite". Por exemplo, o senhor AFIRMA que a Lei permitia ter escravos, o que é falso. O que, também, demonstra que sua teologia e hermenêutica são um fracasso total.

      Agora, meu caro, será que a lei de Deus iria ORDENAR algo pecaminoso? Se usar barba É PECADO, como pode Deus ter ORDENADO ALGUÉM USAR BARBA? Deus muda de opinião? Deus ordena alguém PECAR?

      Quanto ao senhor ser mentiro, é mesmo, uma vez ter me acusado de negar os dons. O que eu nunca fiz.

      Rev. Marcelo Lemos

      Excluir
  20. Caro pastor de uma igreja fria.

    Pois bem caro (reverendo) vou escrever sobre vc no meu blog,antes de meia-noite la no Brazil,estarei postando.

    Sua Teologia esta descartada para mim.

    Voce e tapado mesmo,voce e desleixado com sua imagem e ao mesmo tempo vaidoso com sua barba.Quer fazer confusao? Desleixado e vaidoso,gostou? decidi pelas duas agora.

    Eu nao mudei em nada,barba e desleixo e vaidade.

    Jesus Christ usou barba? Sim,Ele era judeu vc e?

    Desenhar nao posso aqui,mas vou escrever.

    EU DISSE CONTRATE ALGUNS ESCRAVOS(Exodo 21)vc ama a mentira reverendo(zinho)jamais disse para vc tomar escravos,tomar e diferente de contratar.

    Interessante pq o NT nao menciona seque uma frase sobre barba?

    ResponderExcluir
  21. Voce come porco? Deus ordena no VT nao comer carne de porco,se vc comeu ta pecando.
    ((Reverendo)) Deus mudou de opiniao?

    ResponderExcluir
  22. Caro pastor;

    Primeiramente obrigado por escrever sobre mim em seu blog, não mereço tanta atenção, mas obrigado assim mesmo. Se bem que eu, em seu lugar, gastaria meu tempo com algo mais importante; certamente eu não valho tanto esforço da sua parte.

    Voltando a questão da barba, como eu PROVEI, Jesus usava barba, e Jesus bebia vinho. E os cristãos primitivos também bebiam vinho, tanto que S. Paulo repreende alguns que, sem esperar pelos outros, bebiam tudo, e ficavam bebados.

    Em outro lugar, falando aos obreiros, S. Paulo ainda vai dizer que eles não deveriam ser dados "a muito vinho", ou seja, não deveriam viver embriagados, deveriam moderar no uso dessa benção de Deus. Sim, "benção de Deus", e não sou eu quem digo isso, mas a própria Escritura.

    E barba, repito Jesus usava. Ele não era apenas judeu, meu caro, ELE É DEUS. E Deus, NÃO PECA! Mesmo assim, você chama Jesus de vaidoso e desleixado. Não só Jesus: chama também Abraão, Isaque, Jacó, e tantos outros homens de Deus. Obrigado por me comparar a Jesus, ainda que sem querer querendo, rsrsrs

    Quanto a carne de porco eu não como, pois sou alérgico, mas comeria não fosse a saúde. E sabe porque eu comeria? Porque em ATOS DOS APÓSTOLOS Deus autorizou tal coisa. Veja: como eu disse, essa é a diferença entre nós dois. Eu fico com o que a Bíblia diz, você prefere tradições humanas.

    No Antigo Testamento comer certos alimentos era pecado. No Novo Testamento DEUS REVOGOU essa Lei.Por isso, digo que não é pecado. Ou seja, Deus mudou a regra sobre os alimentos. Bem como aboliu os sacrificios de animais, porque Cristo é o sacrificio perfeito.

    No Antigo Testamento usar barba era PERMITIDO. No Novo Testamento JESUS USOU BARBA. No Novo Testamento NÃO EXISTE NENHUMA LEI CONTRA USAR BARBA.

    Mas você, CRIOU UMA LEI CONTRA BARBA, mesmo Novo Testamento NÃO FALANDO NADA SOBRE O ASSUNTO. Deus não proibiu. Mas o pastor MGomes proibiu! Deus não proibiu. Mas o profeta do MGomes, Adão de Campos proibiu!

    Agora veja, o senhor é pentecostal, e até elogia os fundadores da AD no Brasil. Nada contra. No entanto, me permita lembrar ao senhor que esses homens todos, e muitos até hoje, gostam de usar um belo bigodinho, né? Onde o Novo Testamento fala de bigode, pastor? Não fala de barba, é verdade; mas onde fala de bigode, meu caro?

    Agora, veja: se você só vale o Novo Testamento, será que o senhor defenderia, por exemplo, que sexo com animais é deixou de ser pecado. Eu digo que não deixou. Mas, caro pastor, se o Novo Testamento não proíbe esse pecado, será que seu argumento da barba vale aqui, ou neste caso sua hermeneutica vai ser diferente? Acho que vai ser diferente; foi diferente para santificar os bigodes, vai ser diferente aqui também...

    ResponderExcluir
  23. CONTINUAÇÃO:

    Sobre a questão dos Escravos, o senhor está errado novamente. No mesmo capítulo que o senhor cita, infelizmente sem ler direito, se proibe a escravidão:

    "Quem furtar algum homem, e o vender, ou mesmo se este for achado na sua mão, certamente será morto" - Exodo 21.16. Veja que isso é o conceito de escravidão: alguém ia até uma aldeia, ROUBAVA UMA PESSOA, SEQUESTRAVA, e vendia como servo para outra pessoa, ou para si mesmo. ESSE CRIME ERA PUNIDO COM A PENA DE MORTE.

    Agora, em Israel havia contrados de "servidão', que hoje é conhecido como 'trabalho forçado', que ainda existe em alguns paises, como certos estados dos EUA.

    Como funciona isso: eu pego 10 mil emprestado com o senhor, e depois não consigo pagar. Então, para lhe restitui o valor eu fechava um contrato de 'servidão', pelo qual era obrigado a trabalhar determinada quantidade de anos para saldar minha dívida. Findado esse prazo eu era livre, ou, se quisesses, poderia continuar um servo. Era um contrato social, não um crime contra a liberdade da outra pessoa.

    Agora, observe meu caro, quem vendia o homem para o outro? O próprio "servo", entendeu? No caso, EU ME VENDIA PARA VOCÊ, a fim de pagar minha dívida! Recomendo que o senhor leia os textos onde isso é explicado: Lev. 25.39; II Reis 4.1; Neemias 5. 1-13; Mateus 18.25.

    Infelizmente, sem conhecer a teologia bíblica sobre este assunto, o senhor segue pelo caminho dos blasfemadores, e chama a Lei de Deus de escravagista. Lamento sua ignorância, e que Deus te ilumine.

    Paz e bem

    ResponderExcluir
  24. E caro irmao,vejo que vc e cego e tenta de todas as maneiras me desqualifica para poder encher a cara de cachaca.
    Repito(again)contrate escravos,hoje funciona assim.

    Eu fico com tradicoes humanas? Conta outra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vou publicar ainda hoje um artigo sobre a escravidão na Bíblia. Nada me impede, seja no AT ou no NT de contratar um escravo, como vc bem sabe. Acho melhor o senhor usar outro argumento para desmerecer a lei de Deus.

      Não me assusta o senhor me acusar de "encher a cara de cachaça". Mas eu acho que acusar os outros falsamente não é bom para alguém que se diz pastor. Mas, até fico feliz com tal acusação, pois não sou maior que Cristo, e meu Senhor foi acusado da mesma coisa pelos Fariseus. Eles, como o senhor, desprezavam a Lei de Deus, e se apegavam a tradições humanas.

      Sim, bigode faz parte da barba, mas os seus amigos pastores pentecostais gostam muito de um bigodinho, inclusive os fundadores da AD, como o senhor também sabe.

      Veja como seus pioneiros eram desleixados e vaidosos, querido pastor-legalista: dê uma olhadinha nas fotos, kkkk

      Paz e bem!

      Excluir
  25. Bigode? Errado pois segundo o dicionario bigode faz parte da barba.

    Legalista? Isso cabe perfeitamente a vc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja bem pastor, como o senhor gosta de ser chamado, será que o senhor é tão ignorante em teologia que sequer saiba o significado do termo "legalista"? Observe, pastor (como gosta de ser chamado), que de nós dois, você é o único que CONDICIONA a salvação das pessoas a não usar barba ou não beber vinho. Na sua religião para ser salvo as pessoas precisam também seguir estas regras:

      a) Não usar barba;

      b) Não beber vinho;

      Se o crente não seguir essas duas regras, então o Deus da Gaveta de Cabelos irá jogá-lo no lago de fogo.

      Ai que medoooooooooooo!

      Paz e bem!

      Excluir
  26. Se Gunnar e Berg usavam bigode era problema deles,voce me acusou ser contra a lei de Deus,e mentira eu sou contra os maus costumes e vaidade.
    Me chamou de legalista? Nao tem problemas Deus sabe que nao sou.

    E caro pastor mundano,de uma olhadinha(como se diz no portuguese)nas fotos de um homem barbudo tomando cerveja.

    Ou nas fotos dos crentes barbudos comendo macarrão.

    Agora me chamar de fariseu,bem a boca fala o que o oracao ta cheio.

    Paz de Jesus,e que Ele abra seus olhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum, quer dizer a barba dos seus pioneiros pentecostais era "problema deles"? Concordo, legalista! Agora, como eu não sou da sua turma você se acha no direito de me julgar. Nossa! Quanto coerência!

      Veja bem pastor hipócrita: da mesma forma que não julga seus pioneiros Gunnar e Berg, já que a barba deles era, obviamente, "problema" deles, então, do mesmo modo digo-lhe: MINHA BARBA É PROBLEMA MEU, e o vinho que eu tomo é problema meu.

      Além de não ter nada com isso já se mostrou completamente incapaz de provar BIBLICAMENTE que usar barba, ou beber vinho é pecado.

      Nota: seus próximos comentários somente serão publicados caso o senhor apresente:

      a) Argumentação bíblica CONTRA A BARBA. Eu não dou a mínima se o senhor fica olhando fotos de homens barbudos, entendeu? Meu ministério não existe para discutir seus gostos estéticos sobre que tipo de homem é bonito ou feio. Use a Bíblia.

      b) Argumentação bíblica contra BEBER VINHO.

      Se não conter tais coisas, seus comentários serão ignorados.

      Excluir

Comente e faça um blogueiro sorrir!

Reservamos o direito de não publicar comentários que violem a Lei ou contenham linguagem obscena.